Nada melhor do que o traço de Zuca Sardan para retratar Sérgio Sant'Anna



Um romancista raro, conhecia como poucos a alma brasileira. Escreveu Na Boca do Túnel e Páginas sem Glória, um conto e uma novela em torno do mundo da bola. Esta última conta a história de Zé Augusto, descoberto nas areias de Copacabana, seguiu para o primeiro time do Fluminense, encerrando sua carreira no Bonsucesso.


Em próximas edições o Deixa Falar aprofundará o talento de Sérgio Sant'Anna.




Sérgio Sant'Anna pelo traço de Zuca Sardan.

(Carlos Felipe Saldanha) – Nasceu no Rio de Janeiro em 1933, mas vive em Hamburgo. Estudou arquitetura, mas fez diplomacia. Estudou desenho, mas fez letras. Hoje dedica-se a desenhos, vinhetas, poesias e folhetins. Entre seus livros, estão: “Ás de colete, poesias, desenhos” e “Osso do Coração”. Página do Zuca


33 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Deixa falar

Deixa Falar: Criação e Edição de Raul Milliet Filho