Rádio Deixa Falar no ar: Raul Milliet Filho traça um panorama histórico do SUS e da saúde no Brasil


O blog Deixa Falar já tinha alertado e cantado a pedra. E isto há mais de um ano atrás, em junho de 2020, quando o número de mortos pela COVID estava em torno de 50 mil. Dizíamos com letras maiúsculas que com esta política econômica ortodoxa, neoliberal e privatista do senhor Paulo Guedes, o posto Ipiranga de Bolsonaro, o SUS teria enormes dificuldades de fazer frente a esta pandemia.


Desde 1986 os formuladores do Sistema Único de Saúde alertavam que os pré-requisitos para a sustentabilidade da saúde pública brasileira deveriam estar ancorados numa política econômica desenvolvimentista, no mínimo de centro-esquerda. Mas com o governo protofascista e negacionista, a política econômica se encaixa perfeitamente na imunidade de rebanho, no desemprego e no arrocho salarial.

Por isso não nos espantam estas revelações da Prevent Senior que transformam a saúde em mercadoria barata.

Caros amigos e companheiros do Facebook, ouçam com atenção e paciência esses 12 minutos da Rádio Deixa Falar para constatar tudo isso que afirmamos.

Saudações socialistas e democráticas.



Rádio Deixa Falar Primeira Edição







Em edições posteriores a Rádio Deixa Falar debaterá um ponto importante. A Constituição de 1988 não foi seguida e deixou de ser criado o Ministério da Seguridade Social, que poderia unificar trabalho, previdência, saúde e assistência social. Este é um debate importante, pois o Deixa Falar considera que foi cometido um erro.



Raul Milliet Filho é Historiador, criador e editor responsável deste blog, mestre em História Política pela UERJ, doutor em História Social pela USP. Como professor, pesquisador e autor prioriza a cultura popular. Gestor de políticas sociais, idealizou e coordenou o Recriança, projeto de democratização esportiva para crianças e jovens. Autor de “Vida que segue: João Saldanha e as copas de 1966 e 1970” e do artigo “Eric Hobsbawm e o futebol”, dentre outros. Dirigiu os documentários: “Quem não faz, leva: as máximas e expressões do futebol brasileiro” e “A mulher no esporte brasileiro”.