Ricardo Henrique Salles, amigo inesquecível, criticando com firmeza Bolsonaro.

Atualizado: 3 de nov. de 2021

Conheci Ricardo Henrique Salles em 1971 quando ingressamos na PUC-RJ. Foi uma amizade contínua que para mim culminou com a presença de Ricardo na minha banca de doutorado na USP.


O Ricardão, como era conhecido, foi um Historiador de ponta que deixou um enorme legado nas análises do Brasil Imperial, principalmente nas marcas da escravidão em nossa sociedade. Mas além da enorme generosidade deste parceiro que nos deixou no dia primeiro de novembro de 2021, destaco a nossa militância na APML - Ação Popular Marxista Leninista.


Um intelectual e militante, sempre bem humorado, tricolor e goleiro nas peladas que jogávamos na PUC, sempre vestido com uma camisa verde que lhe valeu o carinhoso apelido de "O Arqueiro Verde".


Logo no início do governo do genocida, o capitão cloroquina acusou-nos de termos sido, nós da APML, os justiceiros de Fernando Santa Cruz, pai do atual presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Felipe Santa Cruz.


Ricardo fez questão de vir a público de forma incisiva, clara e corajosa. Vejam só:


O historiador Ricardo Henrique Salles dá o seu recado no Deixa Falar.


958 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Deixa falar

Deixa Falar: Criação e Edição de Raul Milliet Filho