Samba e futebol agonizam, mas não morrem??

Em tempos de ataque à cultura popular brasileira, no que ela tem de maior enraizamento com o nosso Estado-Nação, dois setores estão sendo alvejados, pisoteados, num caminho perigoso que pode não ter mais volta.



Referimo-nos ao samba e ao futebol. Este programa abaixo canta, encanta e desfere dardos profundos na sua crítica à mercantilização da cultura popular. Marcou época na TV cultura, sob a batuta e a direção de Fernando Faro, além de contar nesta edição com o talento de Paulinho da Viola, Nelson Sargento, Elton Medeiros, Anescarzinho do Salgueiro e Jair do Cavaquinho.


São 54 minutos. Deixar de vê-lo e ouvi-lo é uma pena.






Criador e editor responsável deste blog, mestre em História Política pela UERJ, doutor em História Social pela USP. Como professor, pesquisador e autor prioriza a cultura popular. Gestor de políticas sociais, idealizou e coordenou o Recriança, projeto de democratização esportiva para crianças e jovens. Autor de “Vida que segue: João Saldanha e as copas de 1966 e 1970” e do artigo “Eric Hobsbawm e o futebol”, dentre outros. Dirigiu os documentários: “Quem não faz, leva: as máximas e expressões do futebol brasileiro” e “A mulher no esporte brasileiro”.


0 visualização

Deixa Falar: Criação e Edição de Raul Milliet Filho

© 2020 por DEIXA FALAR - O Megafone da cultura -  Orgulhosamente criado com Wix.com