top of page

TRA-LA-LÁ Lamartine Babo

Atualizado: 10 de mai.


Desde 1942, Lamartine Babo vinha fazendo na rádio Mayrink Veiga um programa de muito sucesso: O “Trem da Alegria”, em parceria com Heber de Bôscoli. Foi exatamente neste programa que o mestre Lamartine recebeu o desafio de compor um hino para cada clube: América, Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco, além de São Cristóvão, Olaria, Canto do Rio, etc. E assim foi.





Lamartine foi um gênio, compôs marchas carnavalescas, juninas e até hoje os clubes cariocas têm hinos, marchas com muito mais efeito que de todos os outros estados. Excetuando, talvez o do Grêmio de autoria de Lupicínio Rodrigues.



Certa vez, enciumados, dirigentes Paulistas tentaram contratar Lamartine. A resposta dele foi fatal: “Não saberia fazer rima com Corinthians.”. Adilson Monteiro Alves, antigo paredro do timão, sabe disso muito bem. Os baianos Caetano, Gil, João Gilberto sempre enalteceram o hino do Bahia. É bonito, mas não chega perto.



O Deixa Falar faz um desafio: votem no hino mais bonito dos clubes cariocas!

Qual o hino mais bonito dos clubes cariocas?

  • Botafogo

  • Flamengo

  • Fluminense

  • Vasco



Raul Milliet Filho é doutor em História pela USP, professor, pesquisador, especialista em políticas sociais na área pública e editor responsável e criador do “Deixa Falar: Megafone da Cultura”.



109 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Deixa Falar: Criação e Edição de Raul Milliet Filho

bottom of page